“Procura a paz e vai com ela em seu caminho”

 Graphic2

Num bosque ladeado por ciprestes e ornado por belos jardins reside a Comunidade monástica do Mosteiro São João.

As monjas são conhecidas como “As Beneditinas” porque elas pertencem à mais antiga Ordem Religiosa do Ocidente, fundada por São bento, Abade.

A Ordem de São Bento, tradicionalmente, é conhecida pelo lema “Ora et Labora”, ou seja Reza e Trabalha.

O Revdo. Pe. Wolfgang Czernin e a Revda. Me. Margarida Hertel chegaram ao Brasil em 1948 com um grupo de monjas dinamarquesas. Em Uberaba fundaram o primeiro Mosteiro em terras brasileira, Depois em 1964 a Revda. Me. Margarida Hertel veio para Campos do Jordão com o grupo de monjas dinamarquesas e um grupo de monjas brasileiras. Rapidamente se adaptaram na nova região que muito favoreceu a vida monástica e em pouco tempo tornaram-se conhecidas.

Sua principal característica é a procura de Deus, que acontece de modo diverso: Na recitação do Ofício Divino, na meditação da Sagrada Escritura, na vivência da caridade fraterna e acolhimento das pessoas como presença do próprio Cristo

Ao adentrar-se neste espaço sagrado tem-se a sensação de entrar num mundo misterioso onde reinam a paz e a harmonia.

Neste Mosteiro vivem atualmente 29 irmãs consagradas ao serviço do Altíssimo. Elas se reúnem sete vezes ao dia na Capela para cantar os louvores do senhor.

Todos os visitantes pode participar destes momentos de oração e de elevação espiritual unido-se à voz do universo e de toda a criação para glorificar o Todo poderoso, senhor do Céu e da Terra.